quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Plano de Aula para o Ensino Fundamental 2


Neste tempo de desafios e oportunidades, nunca foi tão importante o papel desempenhado pelo professor como orientador do conhecimento. Por esse motivo abaixo segue um modelo de plano de Aula para o Ensino Fundamental 2 - 9 ano. Sejamos estimulados a diferenciar nossas aulas e praticar a didática criativa.




DISCIPLINA: HISTÓRIA
SÉRIE: 9º ANO

PLANO DE CURSO


I.OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA

Desenvolver a competência leitora aprendendo a observar, interpretar e emitir opiniões sobre diferentes tipos de textos, contínuos e descontínuos e estabelecer relações possíveis entre dimensões de temporalidades.
Compreender as características da sociedade atual, identificando as relações sociais e econômicas, os regimes políticos, às questões ambientais, comparando-as com as características de outros tempos e lugares, valorizando as diferenças entre as pessoas, os grupos e os povos, considerando-as um elemento importante na vida democrática.


II. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

- E estopim da guerra
- A guerra entre 1914 e 1918
- O mundo pós-guerra

2. A REVOLUÇÃO RUSSA

- A Rússia antes de 1917
- Um clima explosivo
- O inicio da revolução
- A tomada do poder
- A defesa da revolução: Trotski e o Exército Vermelho
- A consolidação da revolução russa

3. NO BRASIL A PRIMEIRA REPÚBLICA

- Período de mudanças
- A questão dos imigrantes
- Semana da arte moderna
- Os meios de comunicação
- O país do futebol

4. ENTRE DUAS GUERRAS: A CRISE DO CAPITALISMO

- A quebra da bolsa de valores de Nova York
- Os efeitos da crise
- O new Deal

5. ENTRE DUAS GUERRAS: A ASCENSÃO DOS REGIMES TOTALITÁRIOS

- A implantação de regimes totalitários na Europa
- A tomada do poder na Itália
- A tomada do poder na Alemanha
- O totalitarismo na Espanha

6. A ERA VARGAS

- A revolução de 1930
- Vargas no poder
- A oposição paulista
- A constituição de 1934
- comunistas e integrantes
- O golpe de 1937
- A construção do estado novo

7. A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

- A ideologia do espaço vital
- O inicio da guerra
- A guerra na Europa
- A guerra no mundo
- A invasão da União Soviética
- As derrotas nazistas
- A rendição da Itália e da Alemanha
- A rendição do Japão
- O maior crime do nazismo: o holocausto
- Consequências da Guerra

8. BRASIL: A CULTURA ENTRE OS ANOS 1930 E 1960

- A sociedade se transforma
- Literatura
- Teatro
- Artes plásticas
- Arquitetura
- Cinema
- Televisão
- Música

9. BRASIL 1945-1964

- O fim do Estado Novo
- O governo Dutra
- A construção de 1946
- A volta de Vargas
- O governo de Juscelino Kubitschek
- O governo de Jânio Quadros
- O governo de João Goulart

10. A GUERRA FRIA

- Planos conselhos e alianças militares.
- A guerra da Coréia
- A corrida armamentista
- O fim da guerra fria

11. A DESCOLONIZAÇÃO DE ÁSIA E DA AFRICA

- Ásia: Ventos de liberdade
- África: a luta pela autonomia
- Uma nova forma de dominação
- O regime de apartheid da África do Sul

12. O SOCIALISMO SE ESPALHA PELO MUNDO

- A revolução Chinesa
- A revolução Cubana
- A guerra do Vietnã
- A Nicarágua
- Socialismo: teoria e pratica

13. A UNIÃO SOVIÉTICA E O FIM DO SOCIALISMO No LESTE EUROPEU

- O poder soviético
- As reformas de Gorbatchev
- O fim do império
- O fim dos regimes socialistas nos países do leste europeu
- Alemanha, uma situação especial.
- A desintegração da Iugoslávia

14. BRASIL: A DITADURA MILITAR

- O golpe de 1964
- O governo de Castelo Branco
- Costa e silva e o fim da liberdade
- Médici e o aumento da repressão
- Geisel e o inicio da abertura política
- Figueiredo: o último presidente militar

15. UMA REGIÃO EXPLOSIVA: O ORIENTE MÉDIO

- O nascimento de Israel e o Drama dos palestinos
- A revolução Islâmica do Irã
- A busca da paz
- A guerra do Golfo
- O crescimento do islamismo

15. BRASIL: A RECONSTRUÇÃO DEMOCRÁTICA

- O presidente volta a ser um civil
- Sarney: muitos planos e poucos resultados
- A constituição de 1988
- O governo Collor
- Itamar e o plano Real

16. BRASIL A DEMOCRACIA CONSOLIDADA

- O primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-1998)
- Reeleição e crise
- Um projeto não concluído
- Um ex-operário na presidência da república
- O governo Lula

17. BRASIL: A CULTURA DOS ANOS 1960 AOS DIAS ATUAIS

- Na música uma rica diversidade
- Literatura
-Teatro
- Cinema


III. METODOLOGIA DE TRABALHO

• Busca de conhecimento prévio
• Aulas expositivas e participativas
• Trabalhos individuais e em grupos
• Pesquisas e acesso a internet
• Leitura e interpretação de textos
• Atividades lúdicas



IV. AVALIAÇÃO

A avaliação de aprendizagem será realizada através de 04 (quatro) unidades didáticas, mais a prova.

Final e a Recuperação.
A avaliação será constante e terá como objetivo a verificação da aprendizagem, do aproveitamento e do desenvolvimento do aluno.
Na realização da avaliação de cada unidade didática deverão ser considerados aspectos qualitativos e quantitativos.


V. PROCEDIMENTOS E ATITUDES ESPERADAS:
• Construção de regras sociais para o ambiente escolar.
• Leitura para coleta de dados e construção do conhecimento;
• Coleta de dados e pesquisa, utilizando fontes diversas.
• Registro de relatos, experiências e produtos de pesquisa.
• Utilização da cronologia para compreensão dos processos históricos.
• Análise comparada de textos diversificados.
• Coleta de dados sobre diferentes sociedades.
• Registro de relatos, experiências e produtos de pesquisa.
• Análise comparada de textos;
• Observação e comparação de dados.
• Estabelecimento e demonstração de relações de causa, efeito, interação entre homens e meio ambiente.
• Conhecimento e valorização da História Oral como fonte de conhecimento.
• Reflexão sobre o papel das guerras na história do homem.
• Questionamento de regras estabelecidas por diferentes sociedades.
• Integração ao processo histórico.
• Postura crítica sobre a utilização de novas tecnologias.
• Respeito à diversidade cultural, étnica e social.
• Impressões sobre guerra, poder e paz e as consequências na sociedade atual.
• Questionamento responsável diante do respeito às normas sociais.
• Adoção da cultura pela paz;

VI. BIBLIOGRAFIA

ABREU, Martha e SOIHET, Rachel (orgs.). Ensino de História: conceitos, temáticas e metodologias. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

BANDEIRA DE MELO, Ciro Flávio C.B. Senhores da História e do esquecimento: a construção do Brasil em dois manuais didáticos de História na segunda metade do século XIX. São Paulo: USP,1997. (Tese de doutoramento).

BENDIX, R. Construção nacional e cidadania. São Paulo: EDUSP, 1996.
BITTENCOURT, Circe M. Fernandes. Livro didático e conhecimento histórico: uma história do saber escolar. São Paulo: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 1993 (Tese de doutoramento).

BITTENCOURT, Circe M. Fernandes. Propostas curriculares de História: continuidades e transformações. In: BARRETO, Elba Siqueira de Sá (org.). Os currículos do Ensino Fundamental para as escolas brasileiras. Campinas/São Paulo: Autores Associados/Fundação Carlos Chagas,1998. (Coleção Formação de Professores).

BITTENCOURT, Circe M. Fernandes. Os confrontos de uma disciplina escolar: da história sagrada à história profana. Revista Brasileira de História, vol. 13, nº 26 (1993)

BRAUDEL, F. Gramática das civilizações. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
CERTEAU, Michel de. A operação histórica. In: NORA, Pierre e LE GOFF, Jacques (orgs.). História: Novos problemas. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1995.

CHERVEL, André. “História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa”.

DUTRA, Soraia de Freitas. As crianças e o desenvolvimento da temporalidade histórica, Belo Horizonte: UFMG/MG, 2003. (Dissertação de Mestrado).

FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da História Ensinada. Campinas: Papirus, 1995.

FONSECA, Thaís N. de L. História & Ensino de História. Belo Horizonte. Atual, 2003.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Ed. Vértice, 1990.

SANTOMÉ, Jurjo,Torres Globalização e Interdisciplinaridade. Porto Alegre: Editora Artmed Médicas, 1998.

LAVILLE, Christian. A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de história. Revista Brasileira de História, São Paulo, 1999.

SIMAN, Lana Mara de Castro. Temporalidade histórica como categoria central do pensamento histórico: desafios para o ensino e a aprendizagem. In ROSSI, Vera L. Sabongi e ZAMBONI.


Bom proveito a todos os Disciplinadores ..

Nenhum comentário:

Postar um comentário